You are viewing solutions for region: Portugal
Voltar

Existem três tipos principais de metais não ferrosos: alumínio, magnésio e cobre. A fundição do alumínio é dominada pela indústria automóvel. Apesar das peças fundidas em alumínio serem mais caras do que as em material ferroso, existe uma exigência do mercado no sentido de continuar a reduzir o peso dos veículos e diminuir o consumo de combustível. Quando as ligas de alumínio são produzidas, existem muitas potenciais fontes de defeitos que podem prejudicar a qualidade da fundição, tais como defeitos de encolhimento, porosidade devidas a gases e inclusões de óxidos. A fundição sob pressão é o processo de fundição mais frequentemente utilizado para o alumínio, bem como para peças fundidas em ligas de magnésio. As fundições de ligas de magnésio são utilizadas na indústria aeroespacial, automóvel e aplicações eletrónicas. A sua principal vantagem é o seu baixo peso. A fusão de cobre e ligas à base de cobre também apresenta problemas especiais. O cobre fundido dissolve tanto oxigénio como hidrogénio e, na solidificação, estes podem causar porosidades na fundição.

A Foseco fornece produtos e equipamentos para evitar defeitos de fundição em cada um dos tipos de metais não ferrosos.